Ações para reduzir os impactos da pandemia do ICF são destacadas em matéria de Juliana Bublitz para o GZH sobre ações para reduzir os impactos da pandemia. “Sensibilizadas com a piora do quadro, institutos de ação social, empresas com fortes ligações no Estado, executivos e membros de famílias tradicionais gaúchas também decidiram se mobilizar. As medidas envolvem distintas frentes e têm feito a diferença tanto para hospitais quanto para pessoas vivendo em dificuldades.
Mais de 100 respiradores já foram entregues pelo ICF
Mais de 100 respiradores já foram entregues pelo ICF

A ofensiva não é de agora: muitos exemplos de solidariedade ganharam visibilidade ao longo de 2020, como a construção do Centro de Tratamento de Combate ao Novo Coronavírus, anexo ao Hospital Independência, na Capital, a partir de parceria firmada entre Gerdau, Hospital Moinhos de Vento, Ipiranga, Grupo Zaffari e prefeitura de Porto Alegre. Mas, desde fevereiro deste ano, quando a situação saiu do controle, as iniciativas voltaram com força.

Um exemplo disso é a atuação do Instituto Cultural Floresta.

Iniciativas públicas e privadas ajudam o RS
Iniciativas públicas e privadas ajudam o RS a enfrentar a crise sanitária do coronavírus

 

— Em 2020, ajudamos com a aquisição de todos os tipos de equipamentos de proteção e montamos uma força-tarefa para resgatar e consertar respiradores estragados, entre outras ações. Neste ano, surgiu a urgência por mais respiradores. Rapidamente, criamos uma campanha para captar recursos para 150 equipamentos. Já distribuímos 100 — relata Claudio Goldsztein, diretor da Goldsztein e líder do conselho do instituto.”

Você e sua empresa podem ajudar o #ICF!
Acesse https://doe.institutoculturalfloresta.org.br ou participe enviando sua doação via PIX 27.631.481.0001-90 (CNPJ).
(Visited 24 times, 1 visits today)